rico
rico

Ficar rico é o sonho de muitos, mas a maioria não sabe o que fazer para alcançar esse objetivo o mais rápido possível. São necessárias diversas medidas e, principalmente, muita disciplina para conseguir alcançar a riqueza e viver de renda.

O primeiro passo parece ser muito óbvio, mas muitos não conseguem segui-lo: gaste menos do que você ganha. Para viver como um rico, primeiro é preciso produzir como um rico. Ou seja, é primordial ter um custo de vida compatível com seu salário.

Para conseguir cumprir este objetivo é importante fazer uma planilha com tudo que entra de dinheiro em sua casa e tudo que sai. Cada centavo gasto deve constar na planilha, pois assim fica muito mais fácil de entender para onde está indo o dinheiro e de onde poderá ser cortado, caso seja necessário. Se os custos estiverem chegando perto dos ganhos, comece a cortar imediatamente, do mais supérfluo para o mais necessário.

A ordem de prioridades também é algo muito importante e que deve ser analisado com carinho. Não adianta manter as compras no shopping e uma TV a cabo com todos os canais possíveis e depois deixarem cortar a sua luz. As contas básicas como luz, água, condomínio, aluguel, telefone e etc. devem sempre ser priorizadas frente a gastos supérfluos e outras contas como TV e internet, por exemplo – a não ser que seu trabalho dependa disso, obviamente.

Depois que os gastos necessários foram feitos, toda sua vida financeira foi planilhada e você já está fazendo com que sobre dinheiro no fim do mês, basta ir para o passo mais importante desta jornada: investimentos.

Viver de renda

É vital saber investir bem para alcançar a riqueza e um dia viver de renda. Não adianta conseguir guardar R$ 10.000 por mês se você deixa tudo na poupança, que, atualmente, não consegue bater nem mesmo a inflação. Enquanto nosso índice de preços mostra um aumento médio dos produtos de cerca de 8,5% ao ano, a poupança rende por volta de 7% ao ano (6,17% + TR – Taxa Referencial). Ou seja, seu dinheiro está sofrendo uma perda real a cada dia que passa e, desta forma, seu objetivo nunca será alcançado.

Se o dinheiro que sobrar for bem aplicado, é possível conseguir hoje rentabilidade de 14%, 15% ao ano, sem risco e com boa liquidez. Basta se informar bem, abrir conta em uma corretora e contar com a ajuda de um bom assessor de investimentos.

Em primeiro lugar, vale lembrar que é importante conhecer o seu perfil de investidor: conservador, moderado ou agressivo, e seus objetivos para o dinheiro, que ajudarão a definir seus prazos. Isso será vital para que seu assessor saiba lhe orientar da maneira correta e seu dinheiro seja colocado nos títulos que mais atendam seus sonhos e planos.

Desta forma, você, sem dúvidas, alcançará a riqueza e, consequentemente, o sonho de viver de renda o mais rápido possível. Quanto antes começar, mais rápido isso se tornará realidade. Não perca mais tempo.