cartão BNDES
Cartão BNDES, confira como fazer seu cartão

Esse artigo é para quem dúvidas sobre como fazer o cartão BNDES. Em determinadas situações, algumas empresas se veem na necessidade de realizar investimentos para modernização ou ampliação de seus serviços e até de instalações e, nem sempre, têm capital nem limite de crédito disponível para tal.

Para se manter em destaque no mercado e conseguir acompanhar o nível de competitividade dos concorrentes, qualquer empresa deve fazer um investimento constante em melhorias que atraiam mais clientes.

Em um mundo que passa por constantes mudanças, muitas delas consequências dos avanços tecnológicos, as necessidades dos consumidores também mudam muito. Por isso, é preciso transformar-se para atendê-las.

Além disso, com crédito disponível, o empreendedor tem a possibilidade de negociação com seus fornecedores. Ademais, pode repassar essa vantagem como desconto em seus produtos ou serviços para seus clientes.

É claro que nem todas as linhas de crédito são acessíveis ou com taxas de juro condizentes com a realidade financeira das empresas. Portanto, é preciso pesquisar um pouco antes de realizar um empréstimo.

Uma boa alternativa para as micro, pequenas e médias empresas é o cartão BNDES, que oferece um crédito pré-aprovado e com taxa de juros bem menor do que o mercado costuma oferecer.

Acompanhe este artigo e confira como fazer seu cartão BNDES e quais as vantagens para quem adere ao financiamento. Veja os pontos abaixo e entenda o processo:

Entenda como funciona

O cartão BNDES é um cartão de crédito, como aqueles que já conhecemos. Ele tem crédito pré-aprovado e o limite pode chegar até R$ 2 milhões por banco emissor, após análise de crédito.

Ao utilizar o cartão, é possível parcelar o pagamento em até 48 parcelas fixas e o crédito é rotativo, ou seja, a cada parcela paga o valor correspondente à ela é novamente disponibilizado como limite, para realização de novas compras.

Além de poder se programar, pois saberá exatamente quanto pagar em cada prestação e do período do parcelamento ter o prazo também definido em até 48 meses, o financiamento ainda possui a menor taxa de juro do mercado.

A solicitação do cartão pode ser feita através do portal do próprio BNDES, clicando na opção “solicite o seu cartão BNDES” e preenchendo o formulário disponível na página.

A empresa deve possuir conta corrente em um dos bancos escolhidos para emissão do cartão. E você pode consultar a rede credenciada também através do portal do cartão BNDES.

A conta é necessária, pois o valor das parcelas do financiamento é debitado da conta corrente e, uma boa dica é que você solicite o cartão de um banco emissor com o qual já tenha um relacionamento financeiro.

Cada banco possui um critério próprio para a aprovação do crédito, portanto, mesmo que o primeiro banco não tenha liberado o crédito, isso não significa que você não possa conseguir em outro.

Também é possível conseguir o cartão BNDES em mais de um banco e ainda somar os limites dos cartões para fazer uma única compra. Cada banco emissor é responsável pelas cobranças e definição do limite disponível.

Quem pode solicitar 

O cartão BNDES pode ser solicitado por empresas que tenham o faturamento bruto anual de até R$ 300 milhões. Neste grupo, estão incluídas as micro, pequenas e médias empresas.

Essas empresas devem estar dentro das atividades econômicas que recebem apoio do BNDES, além de estarem com o pagamento de todos os tributos federais em dias.

Em suma, entre essas atividades estão infraestrutura, agropecuária, inovação, exportação, desenvolvimento regional e territorial, indústria, comércio, serviços, cultura e economia criativa, dentre outras.

Aqueles que são microempreendedores individuais (MEI), também poderão solicitar o cartão. Ou seja, é só ter um CNPJ regular e estar em dias com o pagamento dos tributos federais.

O cartão BNDES não está disponível para pessoa física e profissionais liberais. Portanto, é preciso estar dentro dos critérios acima. Sendo que apenas empresas formalizadas com CNPJ podem fazer a solicitação.

Taxas de juros Cartão BNDES

A taxa do Cartão BNDES é definida mensalmente e está disponível e atualizada no Portal de Operações do Cartão BNDES. No momento da compra a taxa em vigor é fixada e se mantém inalterada até o final do financiamento.

Ademais, há TAC (Taxa de Abertura de Crédito), que é uma taxa administrativa que poderá ser cobrada pelo banco emissor no ato da abertura de crédito, não excedendo 2% sobre o limite de crédito concedido. O BNDES não exige a aplicação da tarifa nem recebe qualquer valor referente a ela, que se destina exclusivamente a ressarcir custos operacionais dos bancos emissores.

O que você pode comprar com o cartão?

As compras podem ser realizadas no portal do cartão BNDES e abrangem itens de diversos setores da economia. Como computadores, veículos utilitários, insumos para a confecção de roupas e calçados, dentre outros.

Ainda, o catálogo de produtos do portal é atualizado constantemente e os itens são divididos em categorias. Assim, fica mais fácil de localizar o produto que você precisa no momento.

Ou seja, ao selecionar o produto, você tem acesso às informações do fornecedor, como telefone de contato, endereço físico e eletrônico e as bandeiras aceitas nos cartões de crédito.

Todavia,  a lista não se limita a insumos, máquinas ou veículos, o empreendedor também pode comprar softwares e pagar os serviços de implantação e treinamento da equipe para o uso do sistema.

Você conseguiu tirar todas as suas dúvidas sobre como conseguir o seu cartão BNDES? Então, mãos à obra! Vá em busca do seu financiamento e invista nas melhorias que o seu negócio precisa.

Finalmente, se as nossas dicas lhe ajudaram, compartilhe nosso artigo em suas redes sociais e mostre a outras pessoas que elas também podem!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO que é DOC e TED
Próximo artigoCapital de giro: tudo sobre
Rodrigo Friedrich é assessor de investimentos, trader profissional há 13 anos, professor de diversos cursos em renda variável e redator do portal Arena do Dinheiro.

Comentários