Você ainda paga anuidade e juros abusivos em seu cartão de crédito? Que tal troca-lo por um sem nada disso? A diferença no fim do ano pode ser muito grande. Principalmente para quem tem o costume de não pagar a fatura integral todo mês.

A anuidade dos cartões de crédito é algo totalmente regulado pelo Banco Central, ou seja, não é proibido que as instituições coloquem esse tipo de tarifa. No entanto, a fim de tornar seu produto mais atrativo frente à concorrência, muitos já criaram cartões isentos de anuidade e, às vezes, até com os mesmos pacotes de benefícios.

O grande destaque e um dos pioneiros deste nicho é a startup Nubank, criada em 2014, com o objetivo de reduzir custos para os consumidores por meio do smartphone. Além de seu cartão de crédito não ter anuidade e outras tarifas. Seu juros no rotativo é muito inferior à média do mercado: 144,9% ao ano contra 414,3%. Sendo assim, a empresa lucra com uma parcela da taxa obtida nas operações com cartões. Esta é repassada aos emissores e com a taxa de juros cobrada no parcelamento de faturas, que é menor, mas existe.

Crédito

Já o crédito concedido pela Nubank é oriundo de investimentos realizados pelas empresas Sequoia Capital – que tem Apple, Google e Youtube no portfólio – e a Kaszek Ventures.

Além do Nubank, outras instituições já lançaram cartões com o mesmo estilo para bater de frente com a startup. Como o Santander Free, Hipercard, Petrobras Visa Internacional, Saraiva Visa Internacional, Hering Stores, iPlace, BMG, C&A, Caixa Lacqua Di Fiori, Fixcard Visa Nacional e Submarino Mastercard Internacional.

Já os cartões de crédito mais caros do mercado atualmente são o Mastercard Black e o Visa Infinite. Famosos por terem um limite altíssimo ou, dependendo da renda do proprietário, até inexistente (unlimited). No Itaú, esses cartões possuem uma taxa anual de R$ 690,00, enquanto que no Bradesco sai por R$ 680,00 e no Santander R$ 660,00.

Apesar de mais caros, esses cartões oferecem alguns serviços e vantagens que podem não estar inclusos nos cartões isentos. Como um acúmulo de mais milhas por dólar, descontos e benefícios concedidos em hotéis, supermercados, cinemas e shows, além de acesso a salas vip de aeroportos e diversos seguros e serviços gratuitos.