Ricos
Ricos

Confira a história dos homens mais ricos do mundo de acordo com o ranking de bilionários da Bloomberg e entenda porque eles tem tanto dinheiro:

Bill Gates (US$87,9 bi)

Dos homens mais ricos do mundo, Bill Gates definitivamente está em primeiro lugar, ele é cofundador e conselheiro de tecnologia da Microsoft, a maior fabricante de software do mundo. Sua participação de 4% na empresa baseada em Redmond (Washington) representa cerca de um quinto de toda sua riqueza. O restante da fortuna está na Cascade Investment, entidade que detém participações em mais de três dúzias de companhias. Ele já doou US$ 28 bilhões para sua fundação.

Amancio Ortega (US$ 77,4 bi):

Está entre os dez homens mais ricos do mundo, sendo o segundo homem mais rico da Espanha, ele possui 59% da Inditex, a maior varejista de vestuário do mundo e é detentora da cadeia de lojas Zara. A empresa, sediada em Arteixo, na Espanha, opera mais de 6.000 lojas e, em 2013, teve uma receita de 16 bilhões de euros e lucro líquido de 2,4 bilhões de euros. Através de duas empresas de investimento de capital fechado, Ortega também possui escritórios e imóveis alugados nas grandes cidades de toda a Europa e nos Estados Unidos.

 

Jeff Bezos (US$ 66,5 bi)

Bezos é o presidente e maior acionista da Amazon, o maior varejista online do mundo. A empresa opera sites de varejo (Zappos, Audible) e serve como uma plataforma para mais de dois milhões de fornecedores de terceiros. Em 2007, Bezos apresentou o e-book reader Kindle, o artigo mais vendido da Amazon atualmente. A empresa baseada em Seattle também oferece serviços de computação em nuvem para empresas de pequeno porte e clientes governamentais.

Warren Buffett (US$ 66,2 bi)

Buffett é o presidente e o maior acionista da Berkshire Hathaway, empresa com sede em Omaha, Nebraska, que possui um conjunto diversificado de empresas, incluindo seguros (Geico), mobília (Clayton Homes), energia (MidAmerican Energy) e serviços (NetJets). Também possui participações na Coca-Cola, na American Express e no Wells Fargo. Ele planeja doar a maior parte de sua fortuna para a caridade.

Mark Zuckerberg (US$ 56 bi)

Zuckerberg é cofundador e CEO do Facebook, a maior rede social do mundo. O site tem ao redor de 1,3 bilhão de usuários únicos por mês, que estão conectados por meio de 150 bilhões de amizades e 240 bilhões de fotos. Com sede em Menlo Park, na Califórnia, o Facebook fez sua oferta inicial de ações em 2012. Foi o maior IPO de uma empresa de tecnologia já realizado na história das Bolsas.

Charles Koch (US$ 50,6 bi)

Em síntese, Charles Koch é presidente do conselho e CEO da Koch Industries, uma das maiores empresas de capital fechado do mundo. Com sede em Wichita, no Kansas, o conglomerado tem investimentos em refino de petróleo, oleodutos, negociação de commodities, pecuária e celulose. Além disso, as suas vendas anuais da empresa estão na casa de US$ 115 bilhões. Cerca de 100 mil pessoas trabalham para o conglomerado. Charles e seu irmão David possuem 42% das ações da empresa cada um.

David Koch (US$ 50,6 bi)

Resumidamente, David Koch é o vice-presidente-executivo da Koch Industries, um dos maiores conglomerados industriais de capital fechado do mundo. Com sede em Wichita, no Kansas, o grupo atua com refino de petróleo, oleodutos, comercialização de commodities, pecuária e celulose. As vendas anuais alcançam US$ 115 bilhões. Além disso, O conglomerado emprega cerca de 100 mil pessoas. David e seu irmão Charles possuem 42% da Koch Industries cada um. 

Carlos Slim (US$ 49,5)

Em suma, o homem mais rico do México controla a America Movil, maior operadora de celulares nas Américas. Ele também possui investimentos no setor bancário (Inbursa) e mineração (Minera Frisco), assim como participações em companhias de capital aberto como Philip Morris, New York Times e Caixabank. Além disso, através da holding de sua família, Grupo Carso, o bilionário mantém interesses na indústria de construção mexicana.

Larry Ellison (US$ 43,9 bi)

Ellison é o fundador e maior acionista da Oracle, a maior empresa do mundo de software de banco de dados. Ele é dono de 25% da empresa com sede em Redwood City, Califórnia, além de posuir participações na NetSuite e na LeapFrog Enterprises. O bilionário também detém propriedades imobiliárias ao redor do mundo, incluindo a ilha de Lanai no Havaí e residências em Malibu, na Califórnia.

Ingvar Kamprad (US$ 43,1 bi)

Em síntese, o homem mais rico da Suécia controla a Ikea, a maior varejista de móveis do mundo, através de uma série de holdings e fundações. Ou seja, nos 12 meses encerrados em agosto de 2013, a empresa com sede na Suécia teve mais de US$ 37 bilhões em receita e US$ 4,3 bilhões em lucro líquido. Afinal, o grupo Ikea emprega 151 mil pessoas e opera 349 lojas em todo o mundo, que tiveram 775 milhões de visitantes em 2013.

Finalmente, aqui encerramos a lista dos homens mais ricos do mundo. Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos!