Aposentadoria
Aposentadoria

Você sabia que a sua aposentadoria está em risco? Se você conta com o governo para se aposentar, é melhor começar a ter um novo plano. O teto das aposentadorias do INSS caiu de 20 salários mínimos para pouco mais de seis atual­­mente e, segundo previsões, deve baixar a cinco mínimos até 2018 e a apenas três até 2040, o que equivale a pouco mais de R$ 2 mil.

É triste pensar que, após trabalhar uma vida inteira, você irá se aposentar ganhando uma quantia que não lhe dará o conforto merecido para aproveitar o resto de seus dias. Por conta disso, muitos se aposentam e continuam trabalhando para complementar a renda, o que, digamos de passagem, não é o sonho de ninguém.

Uma boa opção para fugir disso é abrir um plano de previdência privada ou guardar dinheiro em outra aplicação de longo prazo, como as Notas do Tesouro Nacional – Série B, com vencimento em 2050, do Tesouro Direto.

É muito fácil e acessível investir no Tesouro Direto. Basta abrir uma conta na XP Investimentos e comprar seus títulos, que podem ser adquiridos a partir de R$ 30,00.

Receba nosso conteúdo exclusivo

Se cadastre

Atualmente, existem cinco títulos do Tesouro Direto disponíveis no mercado primário, que são divididos entre prefixados e pós-fixados. No primeiro grupo, de prefixados, estão os seguintes títulos: Letras do Tesouro Nacional (LTN) e Notas do Tesouro Nacional – Série F (NTN-F), que, como diz o nome, tem uma taxa nominal que é conhecida na hora da compra. A diferença entre eles é que o primeiro paga toda a rentabilidade no vencimento ou na venda enquanto o segundo trabalha com cupons semestrais. Já no segundo grupo, dos pós-fixados, estão os títulos: Notas do Tesouro Nacional – Série B Principal (NTN-B Principal) e Notas do Tesouro Nacional – Série B (NTN-B), que, além de uma taxa pré real, ainda pagam a variação do IPCA no período, o que faz com que o investidor só saiba o seu rendimento nominal no vencimento ou na venda (por isso, pós-fixado). A diferença entre os dois é a mesma que a da outra classe: enquanto a NTN-B Principal paga tudo no vencimento ou na venda, a NTN-B trabalha com cupons semestrais. E ainda neste grupo pós-fixado, temos também as Letras Financeiras do Tesouro (LFT), que são atreladas à taxa Selic.

O Tesouro Direto, exatamente por conta deste cenário nebuloso, vem ganhando um número maior de investidores nos últimos tempos, mas ainda está longe de ter um número aceitável, levando em conta a sua rentabilidade e segurança. A previdência privada também passou a ganhar um grande número de adeptos, chegando a 15 milhões, o que, levando em conta a nossa população economicamente ativa (100 milhões), ainda é muito pouco.

A tendência e expectativa é que esses números aumentem cada vez mais, pois essas são as melhores formas de garantir uma aposentadoria saudável, sem depender do governo. Pelo menos é o que esperamos, afinal, o rombo da Previdência só deve crescer, o que fatalmente vai afetar o valor dos benefícios e o orçamento dos futuros aposentados. Quem não se proteger, dificilmente irá conseguir manter seu padrão de vida quando se aposentar, o que deve obrigar ainda mais gente a continuar trabalhando depois da aposentadoria.

No século passado, havia 30 trabalhadores para cada aposentado. Hoje, essa relação é de 1,7 para 1, ou seja, são 51,1 milhões de contribuintes e 30,8 milhões de beneficiários do INSS, entre aposentados, pensionistas e pessoas que recebem benefícios assistenciais.

Desde 1998, quando passou a ser deficitário, o INSS depende de ajuda do Tesouro para pagar os segurados. Ninguém sabe de onde sai­­rá o dinheiro para cobrir este déficit enorme, então, enquanto eles decidem se vão começar a se mexer para reverter essa situação, é melhor que você garanta sua aposentadoria da forma mais segura possível: compre uma previdência privada ou invista no Tesouro Direto.

Comentários