Cada vez mais fala-se sobre educação financeira e a importância de estabelecer um planejamento para alcançar metas. Garantir um futuro mais confortável, fazer uma viagem internacional, pagar a faculdade dos filhos ou realizar qualquer outro sonho fica muito mais fácil se você descobrir quais os melhores investimentos a serem feitos.

Entenda mais sobre o que pode ser feito em relação a aplicações quando se ganha entre R$ 2 mil e R$ 5 mil reais!

Quais os melhores investimentos para aplicar parte do seu salário? 

Primeiro, é importante entender que para investir, você deve se organizar. É imprescindível fazer tudo em prol da sua saúde financeira. Evite gastos desnecessários e faça tudo para não estourar o seu orçamento.

Lembre-se de que mês a mês precisa ser guardada uma quantia a fim de aplicá-la. Ou seja, não conseguirá ter uma efetividade em seus ativos se não houver disciplina para priorizar suas metas.

Primeiros passos 

Antes de começar seus investimentos de fato, o mais indicado é criar uma reserva de emergência. Isso significa que é necessário juntar uma quantia para caso ocorra algo inesperado em sua vida.

Ela pode ser gerada considerando um valor referente a cinco ou seis vezes do seus custos totais mensais. Ou seja, quanto você gasta por mês, multiplicado por cinco ou seis meses. Assim, caso ocorra alguma situação que necessite de dinheiro, terá o suficiente para não passar nenhum aperto!

Essa quantia pode ser investida em alguma modalidade de liquidez diária, para que você possa resgatá-la rapidamente, se for necessário.

Dicas para escolher bons investimentos

Como seu salário está entre R$ 2 e R$ 5 mil, você terá que arcar com outras despesas, portanto, talvez seu aporte inicial não seja tão elevado. Não tem problema algum, basta se organizar e estudar cada vez mais sobre o mercado, monte uma planilha e por fim, aproveite as oportunidades!

No entanto, como estará começando, os melhores investimentos para começar são os de modalidades conservadoras, como a renda fixa, com baixo risco. Assim, eles estão atrelados a juros e podem ser opções mais confortáveis para seu ingresso no segmento financeiro.

Bons exemplos são: Fundos DI, Tesouro Selic e Certificado de Depósito Bancário (CDB).

Agora que já sabe quais são os melhores ativos para começar, confira também como diversificar seus investimentos. Este é o próximo passo para garantir rentabilidade e segurança para seu portfólio.