Olá, investidor!

O sonho de todo investidor é o tão desejado 1% ao mês.

Com a queda da SELIC para 6,5% ao ano, em 2018, esse sonho estava ainda mais longe. Entretanto, quando um banco emite um título prefixado — por exemplo, de 12% ao ano prefixado por 3 anos — sua mesa observa no mercado financeiro a taxa de juros no mercado futuro ( DI FUT).

Se você não entendeu, fique tranquilo(a)! A única coisa que você precisa saber é: as taxas de juros no mercado futuro saltaram. Isso fez com que os bancos, para captarem dinheiro de longo prazo, pagassem mais aos seus investidores.

Receba nosso conteúdo exclusivo

Se cadastre

Veja no gráfico abaixo o que aconteceu com a curva de juros para 2021.

No dia seguinte ao salto das taxas no mercado, veja o que aconteceu com os ativos prefixados;

E você está aproveitando essa nova oportunidade de ganhar mais de 1% ao mês?

Grande abraço

Comentários