Análise
Análise

Análise técnica ou análise fundamentalista? Qual delas seguir?

Primeiramente, o fato é, Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo, utiliza a análise fundamentalista e quase toda sua fortuna foi construída por meio de ações cotadas em bolsa de valores.

Já George Soros, dono de uma fortuna estimada em U$ 30 Bi, não fica muito atrás e também conquistou seu patrimônio por meio de investimentos especulativos, utilizando a análise técnica.

Em síntese, quando o assunto é bolsa de valores, muitos pensam que vão ficar rico da noite para o dia ou em um curto espaço de tempo. Chamamos esses personagens de sardinhas. Afinal, com algum tempo ou até acabar o dinheiro, os sardinhas são engolidos pelos tubarões. Chamamos de “Tubarões” os grandes investidores: institucionais, bancos e investidores experientes de mercado.  Esses “Tubarões” sabem que a bolsa é como qualquer negócio: tem que estudar profundamente, seguir uma rotina, ser disciplinado e principalmente ter controle de risco. Em resumo, os “Tubarões” aprenderam que a bolsa de valores não é um bingo.

Warren Buffet e George Soros, ambos começaram com nada e fizeram uma fortuna de bilhões de dólares apenas por investir. Mas se suas estratégias de investimentos são tão diferentes, como eles poderiam ter nada em comum?

Mark Tier

Como escreve Mark Tier no livro: Os Segredos de George Soros e Warren Buffet, o que os diferem das “sardinhas” é a estratégia que, apesar de diferentes, são seguidas religiosamente. Além disso, ambos tem em comum:

*Buffet e Soros não diversificam: quando compram, sempre fazem o quanto eles podem.

*Os dois afirmam que fazer previsões sobre o mercado ou a economia não tem praticamente nada a ver com o seu sucesso.

*Eles não estão focados sobre os lucros que eles esperam para fazer. Na verdade, sua principal motivação não é o dinheiro.

*Eles não acreditam que para fazer grandes lucros devem tomar grandes riscos. Na realidade, eles são mais focados em não perder dinheiro.

* Eles não levam em consideração o que dizem os analistas. Eles não dão a mínima o que as outras pessoas pensam.

 

Em resumo, o que fará de você uma “sardinha” ou “tubarão” não é apenas a análise fundamentalista ou técnica, mas principalmente a estratégia, disciplina e seus hábitos em relação ao dinheiro.

Foque em não perder dinheiro e se distancie dos magos do mercado.

“Compre ao som dos tambores e venda ao som dos violinos”

Conclusão e recomendação: a análise fundamentalista busca responder: O que comprar? Já a Análise técnica busca responder: Quando comprar? Logo, diria que uma complementa a outra e a formula do sucesso é unir uma estratégia que aproveite o melhor das duas.

Lembre-se que o que fará de você uma “sardinha” ou “tubarão” não é apenas a análise fundamentalista ou técnica, mas principalmente a estratégia, disciplina e seus hábitos em relação ao dinheiro.

Ou seja,  dica de ouro é: use as duas quando possível, pois uma confirma a outra na maioria das vezes.

Considerações finais

Nenhum papel sobe ou cai sem fundamento ou um indicador da análise técnica rastrear.

Finalmente, Se combinar algumas estratégias com as proteções oferecidas pelas “opções” (derivativos), melhor ainda.

Sucesso nos investimentos e até o próximo post.