escada com dinheiro no ultimo degrau dela, saiba como investir tendo pouco dinheiro
Bolsa de Valores

Caso tenha pouco dinheiro para investir na Bolsa de Valores, fique tranquilo, pois existem formas de fazer isso com segurança.

Muitas pessoas acabam descobrindo – geralmente de forma amarga – que ao entrar no mercado de renda variável é necessário muito conhecimento, tanto de mercado como analítico, assim como muita dedicação, empenho, disciplina e, principalmente, estar com o psicológico em dia. Ao adquirir os requisitos citados, você estará pronto para ingressar neste mercado, uma vez que, “investir quando se tem pouca ou nenhuma base de conhecimento, costuma resultar em grandes prejuízos”, como já dizia Thomas Stanley.

O primeiro passo para começar a investir é identificar qual é seu objetivo: operar no curto, médio ou longo prazo?

Com pouco dinheiro, só será rentável operar no longo prazo, pois no curto prazo, “ficar girando” gera muitas despesas, tais como: corretagem, emolumentos e custódia. O lucro líquido terá que ser absurdo para obter um lucro razoável. Diante disto, ao pensar em longo prazo, não podemos esquecer-nos da análise fundamentalista. É valido sempre estudar os balanços anuais, VPA (Valor Patrimonial por Ação) ROE (Retorno Sobre o Patrimônio Líquido), além da situação econômica domestica e global.

Com tudo, sugerimos dois métodos de operar no longo prazo, para quem possui pouco capital pra investir.

Os Fundos de Índices da Bolsa de Valores

Os Fundos de Índices (ETFs – Exchange Traded Funds) têm o objetivo de conseguir retorno de índices. Ou seja, pretendem obter desempenhos em certos setores do mercado, com cotas que você compra na Bolsa. O mais negociado é o BOVA11, que copia a carteira Bovespa. Ao invés do investidor comprar todas as ações que compõe o índice Bovespa para ter uma boa diversificação, basta comprar o BOVA11 que terá o mesmo desempenho que o benchmark.

Compra programada: ótima alternativa para quem possui pouco dinheiro

Comprar todos os meses a mesma ação é uma excelente alternativa para quem possui pouco dinheiro para investir, pois não é necessário se importar com o preço que a ação está no momento. Isto resulta em um acumulo de patrimônio no longo prazo. Lembrando que  no decorrer deste prazo, você irá receber cada vez mais dividendos.

 

Para diminuir os custos de compra mencionados anteriormente, temos duas alternativas.

 

  1. Alugar suas ações (famoso BTC). Emprestar suas ações e ganhar em rendimento extra. Lembrando que mesmo ao alugar suas ações, os dividendos serão seus.

 

  1. Visando o longo prazo, poderá baixar suas ações para escritural, tirando do ambiente de bolsa e eliminando assim o custo de custódia todos os meses.