No último post, falei das 5 coisas de que gosto no seguro de vida. Dessa vez, vou falar das 5 coisas de que não gosto neste tipo de seguro. 

1 – Ajuste por faixa de idade 
A maioria dos seguros bancários possuem o chamado ajuste por idade. É igual ao plano de saúde: quanto mais velho você for, mais caro o seguro fica. Quando você mais tiver probabilidade de morrer, e alguém receber o valor da indenização, o valor da parcela estará um absurdo. Nem todas as seguradoras possuem essa modalidade de ajuste. Pesquise. 

2 – “Bi-lateralidade”
Significa que você pode cancelar o contrato, mas a seguradora também. Na maioria dos seguros bancários, os clientes assinam apenas um atestado de saúde e um contrato dizendo que se houver mudança no estado de saúde, você precisa avisar a seguradora. Se você comunicar que está diabético, por exemplo, a seguradora poderá agravar ou cancelar o seguro. Prefira seguros com a cobertura unilateral, os quais somente você pode cancelar. 

3 – Sem resgate
Claro, se possível, é melhor que dê para resgatar o valor das contribuições respeitado o tempo mínimo de permanência. 

Receba nosso conteúdo exclusivo

Se cadastre

4 – Valores pequenos e caros
“Segurinho” de R$ 9,90 com cobertura de R$ 5.000,00??? Nem preciso comentar! Se fizer, faça algo que realmente agregue em seu planejamento. Procure seguradoras sólidas. Fuja das armadilhas dos bancos com seguro disso e daquilo. 

5 – Demora no pagamento da indenização
Se você contratou o seguro errado, é na hora de receber que você, em caso de invalidez, ou seu herdeiro irão descobrir. Busque opiniões na internet sobre a seguradora, entre no site dela, peça o material institucional da empresa para o seu corretor/consultor e atente principalmente para o número de sinistros avisados e pagos. Se ainda constar qual foi o prazo para o pagamento, melhor ainda. 

Estude e saiba comparar, não saia contratando sem entender. 

Ficou alguma dúvida? Coloque abaixo nos comentários.

 

Comentários